30 dezembro, 2007

Godot nos Infernos

Ok. Nem Deus nem o Diabo atendem.
Então, quem me vem buscar?

Inês, Estelle e Garcin estão no inferno. Mas não há fogo eterno nem demónios nem tridentes. Não há, sequer, outros condenados. O espaço não é vermelho nem quente, mas vazio. Há três canapés e uma estátua do Super-Homem. Nenhum espelho. A única coincidência com o imaginário colectivo é talvez o Criado, que poderia ser Caronte. Vladimir e Estragon estão no mundo, parece. Mas não há casas nem árvores nem carros nem portas nem janelas nem outras pessoas. Apenas uma árvore de natal. Artificial. Depois, vêm Pozzo e Lucky, mas sabem tanto ou tão pouco do mundo como Didi ou Gogo. Nada mais. Existir é isto, dum lado e doutro da vida. A menos que alguém venha.







GODOT NOS INFERNOS
Instituto Franco-Portugais

11 de Janeiro a 10 de Fevereiro
Sextas e Sábados 21h30 (dia 18 de Janeiro não há espectáculo)
Domingos 17h00 ( apenas dias 20 de Janeiro e 10 de Fevereiro)
Preço: 6,50 euros
(Desconto de Pin Cultura, Maiores de 65 anos, estudantes, profissionais do teatro e grupos +10: 5,50euros)
Informações e reservas:966419650 \ hipocritas@gmail.com


Texto, Adaptação e Encenação: Alexandre Borges
Baseado em: "Huis Clos" de Jean-Paul Sartre e "À Espera de Godot" de Samuel Beckett
Elenco: Ana Chambel l Filipa Pais de Sousa l Manuel Barbosa l Miguel Pires Ramos l Selma Totta l Sara Totta l Sheila Totta l Sofia Ribeiro l Ricardo Lérias
Cenografia: Filipa Ribeiro da Silva
Figurinos: Maria Azevedo e Nuno Nogueira
Caracterização: Sílvia Soares
Música/ Sonoplastia: Tiago Martins (participação especial)
Vídeo: Henrique Soares
Fotografia de Cena: Sofia Maul
Direcção Técnica: Bruno Gaspar
Operação de Luz: Filipe Sim-Sim
Imprensa: Sílvia Soares
Design: Vivóeusébio Colectivo de Design
Direcção de Produção : Filipa Pais de Sousa
Produção: Hipócritas
SINCOLOUR - Caracterização e Maquilhagem, Lda.
Agradecemos mais uma vez o apoio na caracterização dos nossos espectáculos!
Aconselhamos uma visita:
Rua dos Anjos, 43 - A 1150 - 034 Lisboa
Tel: + 351 213 149 487

Institut Franco-Portugais
Avenida Luís Bívar, 91 / 1050-143 Lisboa
Tel: (+351) 21 311 14 00
Fax: (+351) 21 311 14 68

3 comentários:

Bernardo disse...

Eu no ano passado vi o "Se perguntarem por mim, não estou" foi demais, gostei imenso. Quero ir ver esta! :o

Coiso, continuem com o optimo trabalho :)

Gil disse...

saudades...

Anónimo disse...

Alexandre,

Parabéns esteve muito bom.
Deste um salto qualitativo sem duvida. Adorei, amei, vibrei e sobretudo, pensei! Muito filosófico, ora pela vertente real ora pela surreal (divina quiçá).

Os teus antigos pupilos mantiveram-me bastante bem e todos eles subiram de qualidade - parabéns a eles também.

Quanto aos novos elementos - gostei imenso do "porco" e relativamente do "jornalista" (digo relativamente porque pareçe bom, mas pouco integrado) - por outro lado, considero que alguém deveria dizer ao "Poso" para deixar a arte cénica (pelo menos no vosso grupo) - houve um imenso decalage que, quanto a mim, foi o único factor que me arrepiou pela negativa. Muito má mesmo e é daqueles casos que se pode bem empregar a expressão "ou se tem ou não se tem"... ela não tem madeira para a "coisa" e acredito que nem com empenho ou treino. O carrasco neste momento fui eu, lamento. Mas para quê sermos hipócritas?...

Adorei, mesmo. Parabéns a todos excepto ao Poso.